Tem gente que combina festa pelo WhatApp, tem quem peça em namoro pelo aplicativo e tem quem faça acordo trabalhista. Isso mesmo. As partes do processo fizeram toda a negociação pelo WhatsApp e só estiveram no Fórum Trabalhista para assinar a papelada. O caso aconteceu em Campinas, mas pode ganhar outros tribunais do Brasil.

O trabalhador envolvido no processo afirmou que desenvolveu uma hérnia de disco por conta do serviço. O advogado dele pedia uma indenização de R$ 12 mil, mas o acordo ficou fechado em R$ 8 mil. Toda a negociação foi coordenada e orientada pela juíza Ana Cláudia Torres Vianna, diretora do Fórum Trabalhista de Campinas e responsável pelo Centro Integrado de Conciliação de 1º Grau.

Fonte: Parana Online

Áreas de Atuação

Recuperação de Crédito

Agronegócios

Bancário e Financeiro

Civil

Consumidor

Contratos

Empresarial

Família e Sucessões

Imobiliário

Previdenciário

Societário

Trabalho